Setor cultural bate vários recordes em João Monlevade

 

Publicado em: 12/08/2022 10:17

Whatsapp

 

O setor cultural de João Monlevade tem batido sucessivos e expressivos recordes na atual gestão municipal, através da Fundação Casa de Cultura.

Em levantamento apresentado durante a realização do III Fórum Municipal de Políticas Culturais, na semana passada, a diretora-presidente da Casa de Cultura, Nadja Lírio Furtado, expôs números extremamente positivos relacionados ao setor cultural do município.

De acordo com Nadja, no período de quase um ano, entre agosto de 2021 e julho de 2022, após a liberação para eventos abertos ao público, a Casa de Cultura contratou 216 artistas locais para diversos eventos. Nesse período, sete artistas de fora da cidade foram contratados. Foram realizados vários shows, que aconteceram no Festival Pedro Alcântara (27), sucesso total no ano passado, Aniversário da Cidade (12), Feira de Economia Popular (6), Festival Gastronômico Mistura (5), que reuniu cerca de 7 mil pessoas e foi elogiado regionalmente, Rock na Rua (6), Laço (7), Dia Internacional da Mulher (1), entre outros, que somaram quase 70 shows. Ainda segundo Nadja, o total de valores investidos nos eventos culturais foi de R$ 233 mil. Além disso, a atual gestão também é recordista em editais culturais publicados e em pontuação do ICMS Cultural.

Os números expressivos do setor cultural também envolvem diversos outros segmentos profissionais, além dos artistas. Foram contratadas 33 empresas locais de serviços técnicos da cultura, que trabalham com a sonorização, iluminação, decoração e locação de equipamentos para eventos, além da prestação de serviços de audiovisual e locução.

Os empreendedores beneficiados com os eventos, como os barraqueiros ambulantes, foram 57.

 

Cultura por toda a cidade

 

Os eventos culturais produzidos pela Fundação Casa de Cultura contemplaram todas as regiões da cidade. As ações do setor foram realizadas em teatros, escolas, ruas, praças e na sede da Fundação. Diversos bairros receberam eventos, como o Nova Monlevade, Baú, 1º de Maio, Loanda, Novo Cruzeiro, Promorar, Vila Tanque e Centro Industrial.

Ainda foram realizadas apresentações teatrais do projeto Diversão em Cena em parceria com a ArcelorMittal no largo da Igreja São José Operário, no Centro Industrial; na Praça da Paz, no Vila Tanque e na Praça do Povo, em Carneirinhos, local que também recebeu três edições do projeto Filmaço – Cinema na Praça.