Professores da rede municipal decidem pelo fim da greve

 

Publicado em: 05/05/2022 15:05

Whatsapp

 

Professores da rede municipal decidem pelo fim da greve

Profissionais da rede municipal de Educação se reuniram nesta quarta-feira (4) e a maioria dos educadores que participaram da assembleia optou pelo fim da greve e o retorno às salas de aula. 

Anterior a esse encontro, na última terça-feira (3), membros da Comissão de Negociação da Prefeitura de João Monlevade, representados pelas secretarias de Administração, Fazenda, Educação e Procuradoria Jurídica do município, se reuniram com a direção do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de João Monlevade (Sintramon).  Essa foi mais uma rodada de negociações entre as partes que buscou o diálogo para o fim do impasse que já durava 14 dias.

Durante a reunião com o movimento, a administração municipal esclareceu que vai pagar o piso salarial para todos aos professores da rede municipal de ensino (do P1 ao P6), no valor de R$18,31 hora aula. O pagamento será feito nesta quinta-feira (5), a todos os professores. 

Reajuste e benefício histórico

Dentro das suas limitações, a Prefeitura de João Monlevade concedeu 12% de reajuste salarial para todo o funcionalismo público e assegurou a todos os professores o cumprimento do piso salarial retroativo a janeiro de 2022. 

Além disso, aplicou algo inédito no município, instituindo em Lei, o retorno de férias no valor de R$1.050, para cada servidor público municipal.  Outro destaque foi o reajuste no cartão vale alimentação que agora é de R$420, caracterizando um reajuste médio de 51,23%.